Toda forma de comunicação para engajar famílias e alunos

Toda forma de comunicação para engajar famílias e alunos

Com o início do programa Simplifica em Rede em Itacaré, a Secretaria de Educação investiu na divulgação, para que a iniciativa chegasse a toda a comunidade. O programa foi apresentado à população da cidade em um post da prefeitura no Facebook. O texto explicava o programa, abordando como funcionaria a experiência de ensino remoto, e finalizava informando que quem não tivesse acesso à internet, caso de muitos estudantes do campo, teria o conteúdo entregue de forma impressa.

População informada: cartazes foram espalhados em pontos estratégicos da cidade
População informada: cartazes foram espalhados em pontos estratégicos da cidade

Ao mesmo tempo, a divulgação do Simplifica em Rede era feita por meio de carros de som e cartazes afixados em pontos estratégicos, como a prefeitura, secretarias e bancos. O rádio também foi usado. A Secretaria de Educação criou um plantão de dúvidas voltado para os alunos, na rádio da Câmara Municipal. A divulgação é feita pelas redes sociais. A cada semana, um professor responde, durante 1 hora, às questões apresentadas pelos alunos sobre as trilhas do Simplifica com as quais estão trabalhando.

Município: Itacaré
População estimada: (2019): 28.296
Participantes do Programa

Escolas: 37
Alunos: 6.733 (3.080 anos iniciais e 3.653 anos finais)
Professores ativos: 243

Conteúdo do site simplificaemrede.com.br

Desde abril, a Sincroniza tem dado apoio técnico a redes municipais e estaduais para ações de ensino remoto no contexto da covid-19 na Inicitiva Simplifica em Rede. O Simplifica em Rede é uma iniciativa da Fundação Lemann e da Imaginable Futures!

3 Comentários
  • Maria Solange Silva Cruz
    Postado às 08:50h, 21 setembro Responder

    É um curso que vem somar na nossa vida.

  • Maria Jaciane Silva Cruz
    Postado às 08:54h, 21 setembro Responder

    É um momento de muita sabedoria para lidar com a educação e a saúde.

  • Niudete Lopes Santos
    Postado às 22:54h, 25 novembro Responder

    Muito bom estudo híbrido

Responder Maria Jaciane Silva Cruz Cancelar

X